Facebook Google Pluss

Bi-campeã mundial interclubes nos anos 2001 e 2010, 14 vezes campeã estadual e sete vezes campeão brasileira e oito vezes campeã norte/nordeste. Uma autêntica vencedora, no esporte e na vida. Natural de João Câmara, Rayssa Mariana, 23, treina na sua cidade natal sozinha e sem patrocínio para representar o Rio Grande do Norte na Copa Pan-Americana no Chile, entre 22 e 27 de novembro. Rayssa Mariana que luta desde os seis anos vem à Natal 10 vezes por ano para pegar recomendação de professores da Federação Norte-Rio-Grandense da modalidade Alexsandro Jobson e Nilton Aurimar para poder treinar solitária quatro horas diárias em sua cidade. Apesar dos poucos recursos, ela está confiante num bom resultado na competição, independente das adversárias. “Dentre as estrangeiras, as argentinas são as mais complicadas, mas são realmente as brasileiras as principais concorrentes”, confessa. A lutadora fala com propriedade das adversárias porque conhece muito bem as concorrentes por ser membro da seleção brasileira de Karatê. Só que mesmo com todo um currículo de dar inveja, Rayssa teve que largar os estudos numa faculdade por dificuldades financeiras e para se manter da aula de Karatê em sua cidade. Para ir ao Chile, Rayssa conta com a ajuda da prefeitura local e do Partido Popular Socialista (PPS), que vão bancar as passagens aéreas. De restante, a lutadora vai continuar brigando, com as adversárias e com o bolso para continuar na Copa Pan-Americana por seis dias.

0 comentários:

DESCRIÇÃO-AQUI.